GESTÃO DA EMOÇÃO | RECEITAS PARA VIVER SAUDÁVEL
Localização
Rua Osvaldo Pacheco, 10 - Boituva/SP (por agendamento)

A EXPANSÃO DA CONSCIÊNCIA

A EXPANSÃO DA CONSCIÊNCIA
Ao longo da vida, com a ajuda da nossa mente, vamos criando equações e fórmulas para determinar as nossas reações frente a determinadas situações, resultando em comportamentos repetitivos.
NECESSIDADES
Certos comportamentos podem funcionar como válvula de escape para atender algumas das 5 principais necessidades humanas: atenção, controle, segurança, distanciamento ou acolhimento – dentre outras.
COMPULSÕES
Se as emoções geradas por tais necessidades (medo, raiva, insegurança, baixo auto-estima etc) não forem cuidadas em suas (possíveis e várias) causas, podem evoluir e resultar em comportamentos compulsivos (fumo, carboidrato, álcool etc), os quais emergem num automatismo desenfreado.
ESTIMULO & MOTIVAÇÃO
Esse indivíduo, pode até considerar coerente e se sentir estimulado aos comportamentos atenuadores, mas as motivações internas, no geral, trazem à tona os padrões que se enraizaram no piloto automático. Estes, são mais rápidos e mais atraentes.
INFINITAS POSSIBILIDADES
Para o sucesso da empreitada pessoal, é necessário expandir a consciência, para trazer mais espaço interior e dar lugar às novas atitudes. Aquela solução automática deixa de ser a primeira opção para se tornar apenas um INTERESSANTE PONTO DE VISTA, e mais uma dentre as INFINITAS POSSIBILIDADES DE ESCOLHA.
EXPANSÃO CONSCIÊNCIA
As terapias integrativas e sistêmicas (Meditação Mindfulness, Reiki, Thetahealing®, Access Consciousness ® etc), através de suas particulares propostas de atuação, permitem essa EXPANSÃO DE CONSCIÊNCIA, e potencializam acentuadamente os tratamentos alopáticos.
Que o nosso principal vício, seja o de percebermos e reconhecermos os SERES INFINITOS que já somos.

Silvia Martos
Oficina para Gestão da Emoção
@silviamartosoficial
15 99607 0088

#reiki #reikiemboituva #mindfulness #meditação #dnb #compulsão #expansaodaconsciencia #desabusese #gestaoemocao #necessidadesinternas #dependenciaemocional #

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.